O País – A verdade como notícia

Ataque russo faz 21 mortes e 112 feridos na segunda maior cidade ucraniana

Foto: Notícias ao Minuto

Pelo menos 21 pessoas morreram e 112 ficaram feridas em bombardeamentos nas últimas 24 horas, em Kharkiv, onde os paraquedistas militares russos atacaram ontem um hospital militar. Enquanto o exército russo diz ter ocupado a cidade de Kherson, os separatistas afirmam que bloquearam a cidade de Mariupol.

Enquanto decorrem negociações entre as delegações da Rússia e Ucrânia para pôr fim ao conflito entre as duas nações, as tropas russas continuam a protagonizar ataques e a reivindicar controlo de algumas regiões.

Esta quarta-feira, as autoridades ucranianas anunciaram que pelo menos 21 pessoas morreram e 112 ficaram feridas nas últimas 24 horas, na cidade de Kharkiv, devido aos bombardeamentos das tropas russas.

Ainda esta quarta-feira, os paraquedistas militares russos atacaram um hospital militar na cidade de Kharkiv, mas não foram avançados os danos resultantes do ataque.

Segundo o chefe da Polícia de Kharkiv, Volodymyr Tymoshko, a situação perto do hospital está sob controlo e a segurança foi reforçada contra a escalada militar russa.

Kharkiv, segunda maior cidade ucraniana, a nordeste da Ucrânia, começou a ser atacada na passada segunda-feira, tendo-se intensificado os ataques na terça-feira. Os ataques aéreos persistentes contra a cidade já destruíram várias infra-estruturas.

O exército russo garantiu, igualmente, ter conquistado a cidade de Kherson, enquanto os separatistas pró-russos anunciaram ter conseguido bloquear totalmente a cidade de Mariupol, no sul da Ucrânia.

Pelo terceiro dia consecutivo, as negociações entre a Rússia e Ucrânia, que decorrem na fronteira ucraniana com a Bielorrússia, continuam.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos