O País – A verdade como notícia

Ataque em escola primária faz oito mortos na China

O primeiro dia de regresso às aulas foi marcado por um ataque numa escola, na cidade de Enshi, na China, onde oito crianças perderam a vida e duas ficaram feridas. O suspeito é um homem de 40 anos identificado como Yu, que segundo testemunhas foi libertado, em Junho, após cumprir pena por tentativa de homicídio.

Em Junho do ano passado, duas crianças foram esfaqueadas até à morte por um homem, à porta de uma escola primária em Xangai.

Em Abril do mesmo ano, nove crianças foram mortas numa escola na província de Shaanxi, por um atacante que alegadamente era ex-aluno da instituição.

Estes incidentes são normalmente protagonizados por pessoas com problemas psicológicos ou ressentimentos com a sociedade.

A lei chinesa proíbe rigorosamente a venda e posse de armas de fogo, pelo que os ataques são geralmente feitos com facas, explosivos de fabrico artesanal ou por atropelamento.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos