O País – A verdade como notícia

Ataque do Estado Islâmico faz 18 mortos na Nigéria

Foto: Tehran Times

Pelo menos 16 soldados e dois milicianos anti-jihadistas foram mortos numa emboscada perpetrada pelo grupo Estado Islâmico na África Ocidental (Iswap) no nordeste da Nigéria, segundo noticiou a imprensa internacional.

De acordo com a Angop, o ataque foi um dos mais mortíferos perpetrados este ano pelo Iswap contra as Forças Armadas nigerianas, que lutam para derrotar a insurgência islamita, que já causou a morte de mais de 40.000 pessoas em 12 anos.

Os extremistas detonaram bombas antes de abrirem fogo contra a caravana militar que viajava entre a capital do estado de Borno e a cidade-guarnição de Monguno.

“Dezasseis soldados e dois membros da JTF [milícia] civil pagaram o preço final pelo ataque, enquanto dois soldados foram feitos reféns pelos terroristas”, disse um oficial militar, citado pela Angop.

Para alem dos finados, outros 11 soldados ficaram feridos no ataque que destruiu vários veículos militares, contou o oficial sob condição de anonimato.

A agência noticiosa angolana escreve ainda que que os extremistas detonaram sete artefactos explosivos improvisados na estrada enquanto a caravana passava.

Por seu turno, o Iswap assumiu a responsabilidade pelo ataque, afirmando que os seus combatentes mataram 25 soldados numa emboscada de uma caravana militar, de acordo com a fonte angolana.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos