O País – A verdade como notícia

AT denuncia existência de esquemas que prejudicam cobrança de impostos

A Autoridade Tributária de Moçambique (AT) tem estado a constatar existência de esquemas criminosos cujo objetivo é evitar o pagamento impostos, o que tem dificultado o alcance e/ou superação das metas estabelecidas. Preocupada com esta situação, a instituição chamou, esta quinta-feira, a imprensa para denunciar que o Estado moçambicano tem sido lesado em elevadas somas, pelo facto de alguns contribuintes não pagarem impostos.

O esquema consiste, sobretudo, na falsificação de cheques e adulteração da contabilidade por parte de algumas empresas. Mesmo sem revelar os montantes do prejuízo, o diretor-geral dos impostos da AT, Augusto Tacarindua, disse que Autoridade Tributária tomou algumas medidas para reverter o cenário. Entre as medidas, consta que os contribuintes que ficam nas capitais provinciais quando efectuarem pagamentos por cheques devem passar a depositar na conta bancária da Unidade de Grandes Contribuintes, ou da direcção da área fiscais do posto de cobrança, ou então do Juízo Privativo das Execuções Fiscais, e todo valor acima de 21 mil meticais deve ser canalizado via cheque, nas contas bancárias acima referidas, mas devidamente assinados.

Questionado pelos jornalistas sobre possível envolvimento dos funcionários da AT e sobre nomes dos contribuintes envolvidos na falsificação de cheques destinados ao pagamento dos impostos, o diretor-geral dos impostos disse que não poderia revelar esses dados porque ainda decorrem outras investigações.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos