O País – A verdade como notícia

AT apreende cerca de 850 mil litros de combustível

A Autoridade Tributária, na província de Maputo, apreende cerca de 850 mil litros de combustível, que entrou no país sem que tenha sido declarado. Até aqui, não se sabe quem é o dono do produto e muito menos qual era o seu destino.

Pouco ou quase que nada se sabe sobre o dono, a proveniência e muito menos o destino que seria dado a cerca de 850 mil litros de combustível apreendidos na província de Maputo. É que o gasóleo entrou para o país e não foi declarado. Se tivesse escapado à fiscalização da Autoridade Tributária, tal significaria uma perda em dinheiro de qualquer coisa como oito milhões de nas receitas que vão para o Estado. Uma vez apreendida, a mercadoria armazenada nos tanques da Petromoc vai ao tribunal aduaneiro, esclareceu Ludovina Uache, Directora dos Serviços Provinciais das Alfândegas de Maputo.

A Directora dos Serviços Provinciais das Alfândegas em Maputo garantiu que esta é a primeira vez que se regista uma situação do gênero no Terminal de Combustíveis na província de Maputo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos