O País – A verdade como notícia

AstraZeneca baixa eficácia da vacina para 76% em estudo nos EUA

A farmacêutica AstraZeneca baixou, na quarta-feira, a eficácia da sua vacina contra a covid-19 de 79% para 76%, depois de um estudo actualizado dos Estados Unidos.

Os novos dados, muito semelhantes aos resultados originais, indicaram também 85% de eficácia contra casos sintomáticos de covid-19 entre pessoas com mais de 65 anos e 100% de eficácia contra casos graves da doença ou hospitalizações, escreve a Lusa.

O estudo envolveu 32.449 voluntários nos Estados Unidos, no Chile e no Peru que receberam duas doses da vacina AstraZeneca ou um placebo.

“A análise principal é consistente com a análise intercalar publicada anteriormente e confirma que a vacina covid-19 é altamente eficaz em adultos, incluindo aqueles com 65 anos de idade ou mais”, declarou o vice-presidente executivo da AstraZeneca, Mene Pangalos, citado pela Lusa.

No mesmo comunicado, o responsável reiterou também que a empresa vai pedir às autoridades norte-americanas autorização de emergência para distribuir a vacina nos Estados Unidos.

Na segunda-feira, a AstraZeneca anunciou que a vacina tinha uma eficácia de 79%, o que a Casa Branca considerou encorajador.

Contudo, um painel independente de peritos, que aconselham a administração do Presidente norte-americano, Joe Biden, manifestou a preocupação de que os dados utilizados para o estudo possam estar desatualizados.

Os Estados Unidos compraram 300 milhões de doses da vacina AstraZeneca, embora ainda não tenham autorizado a utilização. Com as doses compradas à Pfizer, Moderna e Johnson and Johnson, tem o suficiente para toda a população.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos