O País – A verdade como notícia

Arrancou julgamento do antigo edil de Massinga em Inhambane

Arrancou esta quarta-feira o julgamento do antigo edil da Vila de Massinga, acusado desvio pouco mais de dois milhões de meticais dos cofres públicos.

O esquema foi orquestrado por seis pessoas, das quais cinco servidores públicos, incluindo o antigo edil Clemente Boca e mais um vereador.

Além de Clemente Boca, outros réus são Tomás Tonela, Argentina Chicomo, Tomas Mucavele, Jonas Manhice e Domingos Malhalela.

Os indivíduos simularam pagamentos de indemnizações a um cidadão que supostamente cedeu espaço ao município de Massinga para construção de uma escola e casas para os membros da Assembleia Municipal, bem como o pagamento indevido de mais de 200 dias de alojamento a um grupo de formadores, que na verdade ficou 90 dias, menos da metade do que realmente foi pago.

Com o esquema, o grupo lesou o Estado em mais de dois milhões de meticais, dos quais apenas 15 mil meticais foram recuperados.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos