O País – A verdade como notícia

Arranca quarta-feira conferência sobre COVID-19 com foco na prevenção e vacinação

A prevenção, vacinação e divulgação de resultados de pesquisas sobre a situação da COVID-19 no país estão entre os temas que vão dominar a segunda Conferência Nacional sobre o novo Coronavírus, que decorre em Maputo.

O evento vai decorrer numa altura em que o país se encontra sob ameaça da terceira vaga da COVID-19 e, para o Instituto Nacional de Saúde (INS), entidade organizadora da conferência, a iniciativa vai permitir avaliar o actual estágio de resposta à pandemia no país.

Aliás, segundo Rufino Gujamo, director de Formação e Comunicação no Instituto Nacional de Saúde, é fundamental que a implementação e cumprimento de medidas de prevenção contra o novo Coronavírus sejam objectos de reflexão científica profunda.

“Esperamos que, no final desta conferência, possamos ver partilhados resultados e evidências científicas para o melhoramento da resposta a esta doença, até porque, desde o início, Moçambique estruturou uma estratégia científica face à COVID-19”, afirmou Rufino Gujamo.

O país tem sido exemplo na implementação de medidas de prevenção, pelo menos na África Austral, mas não deixa de ser vulnerável, por isso mesmo, para Rufino Gujamo, esta é uma oportunidade para colher experiências.

A propósito, nesta conferência, estarão, também, presentes investigadores da área de Saúde estrangeiros, como da África do Sul e de Portugal, só para citar alguns exemplos.

“Como sabem, a pandemia da COVID-19 é repleta de incertezas e a discussão dos resultados da investigação científica é uma oportunidade para partilhar experiências e compreender as questões que envolvem o fenómeno”, disse.

Sobre o actual estágio de pesquisas em relação à pandemia da COVID-19, Rufimo Gujamo considera que o país está a registar resultados positivos, tendo referido que a implementação dos resultados dessas pesquisas é disso exemplo.

Nos últimos dias, os Governos dos países africanos consideram que a produção interna das doses de vacinas contra a COVID-19 é uma das soluções para o aceleramento do processo de imunização no continente.

Questionado sobre se o país estaria a avançar ou não nesse aspecto, Rufino Gujamo, limitou-se a dizer que esta temática vai merecer destaque na conferência.

A decorrer em formato virtual, na cidade de Maputo, a conferência nacional sobre a COVID-19 contará com seis painéis de debate, com participação de algumas instituições de ensino do país. A primeira conferência decorreu em Junho de 2020.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos