O País – A verdade como notícia

Armando Guebuza considera que Dom Alexandre foi um educador nato

Foto: O País

O antigo Chefe do Estado, Armando Guebuza, considera Dom Alexandre dos Santos um grande cidadão, um educador nato, que deixou para os crentes e para os moçambicanos em geral uma grande obra. Por isso, por um lado, Guebuza recomendou que o país e os crentes devem celebrar a vida do Cardeal.

Por outro lado, o antigo Chefe do Estado lembrou que Dom Alexandre dos Santos tinha um discurso coerente, comprometido com a paz e com tudo aquilo que concorria para a união das pessoas.

Na homenagem a Dom Alexandre dos Santos, esta manhã, na Sé Catedral, de Maputo, Armando Guebuza esteve com a sua esposa, Maria da Luz Guebuza. A antiga Primeira-Dama lembrou o Cardeal como “um grande pai”. Desejamos que o nosso cardeal descanse em paz e que as futuras gerações deem continuidade à sua obra e ao papel educador que ele nos deixou. Ele estava muito preocupado com a educação”.

Dom Alexandre José Maria dos Santos nasceu no Distrito de Zavala, província de Inhambane. Foi ordenado padre em 1953 e foi designado cardeal-presbítero em 1988, pelo Papa João Paulo II. Entre 1975-2003, desempenhou as funções de Arcebispo de Maputo, tornando-se Arcebispo Emérito em 2003. Morreu no dia 29 de Setembro, aos 103 anos de idade, vítima de doença.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos