O País – A verdade como notícia

Argentina reforça combate a partos caseiros em Chongoene

As mulheres grávidas, na comunidade de Mangundze, no distrito de Chongoene, em Gaza, passam a contar com uma sala de espera onde deverão aguardar pelo momento de trabalho de parto, numa maternidade próxima.

Trata-se da Casa Diego Armando Maradona, cuja finalidade é desaconselhar partos em casa, uma prática ainda comum em algumas comunidades em Gaza.

A entrega da infra-estrutura à comunidade foi testemunhada pela cônsul da Embaixada da República Argentina em Moçambique, María Agustina Mignone; pelo encarregado de Negócios da Argentina, Andrés Ventafridda; e pelo director do centro de saúde do distrito de Chongoene, Francisco Langa.

O padre argentino Juan Gabriel Arias, explicou que a sala de espera será “utilizada pelas mulheres dos arredores antes de dar à luz numa sala de parto próxima” à comunidade de Mangundze, segundo uma nota enviada ao “O País”.

O local foi reformado “graças a uma doação da Embaixada Argentina”, disse Juan Gabriel Arias, destacando a importância da obra para o “bem-estar das mulheres”, na medida em que irá incentivá-las a “dar à luz numa sala de parto, e não em suas casas, muitas vezes sem qualquer assistência”, sobretudo de profissionais de saúde.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos