O País – A verdade como notícia

Arábia Saudita cria condições para acelerar acordo de Riad sobre a situação no Iémen

As autoridades da Arábia Saudita dizem estarem criadas as condições para acelerar a implementação do Acordo de Riad, que visa a estabilização político-militar na República do Iémen, avança a agência de imprensa Saudita “SPA”, que cita “uma fonte responsável”.

 

Segundo a fonte, Governo do Iémen e o Conselho de Transição concordaram com a implementação de mecanismos propostos pela mediação saudita, visando dar corpo à implementação do Acordo de Riade, assinado no dia 5 de Novembro de 2019.

Do mecanismo já acordado destaque para a implementação de alguns aspectos, nomeadamente, a continuidade do cessar-fogo que entrou em vigor no dia 22/06/2020.

“Foi realizado um trabalho para reunir as duas partes do acordo em Riad, com a participação activa dos Emirados Árabes Unidos. As partes responderam e expressaram aprovação deste mecanismo e concordaram em começar a trabalhar no sentido de superar os obstáculos existentes e acelerar a implementação do acordo” explicou a fonte.

De acordo com a nossa fonte, o mecanismo aprovado estabelece que a prioridade deve ser dada aos “interesses do povo iemenita”.

Segundo os entendimentos, o Governo do Iémen vai começar a trabalhar, a partir da cidade de Aden, dando início ao desenvolvimento nas áreas libertadas e buscar caminhos para acabar com a crise, num processo de paz inspecionado pelas Nações Unidas.

“O mecanismo acordado também inclui o anúncio pelo Conselho de Transição do Sul do abandono da Administração Autónoma e implementação do Acordo de Riad isto é, a nomeação de um governador e um director de segurança para a cidade de Aden”, salienta.

O entendimento atribuí ao Primeiro-Ministro iemenita, a responsabilidade de formar um Governo com competências políticas, num período de 30 dias; a saída das forças militares de Aden para fora da cidade e separação das duas forças em partes (Abyan) e o regresso para as suas posições anteriores; a emissão de um comunicado para formar membros do governo inclusivo e proporcional, entre elementos do Norte, Sul e do Conselho de Transição do Sul do Iémen.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos