O País – A verdade como notícia

ARA-Sul prevê aumento do volume de escoamento nas principais bacias hidrográficas do sul 

Foto: O P

“Face às chuvas que se têm registado nos países a montante, bem como no território nacional, considerando a situação hidrológica prevalecente e o nível de enchimento das principais barragens dos países vizinhos e na região sul do país, prevê-se o incremento do volume de escoamento nas principais bacias hidrográficas da região sul do país”, refere o comunicado da ARA-Sul, datado de 17 de Dezembro.

De acordo com a fonte, na Barragem dos Pequenos Libombos, a ARA-Sul, irá aumentar dos actuais 20m³/s para os 30 m³/s, até esta segunda-feira, de modo a atingir-se o objectivo do volume de encaixe requerido pelas regras de operação preparando a barragem para o restante período da presente época chuvosa.

O impacto previsto por este aumento nas descargas, associado aos escoamentos do rio Movene, é o possível condicionamento da travessia do drift de Mazambanine, que usualmente permite o acesso à Estação de Tratamento de Água do Umbelúzi (ETA-Umbeluzi) e aos bairros Manguiza e Paulo Samuel Kankhomba.

Na bacia do rio Maputo, os níveis encontram-se acima do alerta nas estações de Fronteira Oeste e Madubula no Posto Administrativo de Catuane, sem causar nenhum impacto significativo até ao momento. Pelo que, prevê-se que o troço da estrada da localidade de Tchutcha a Madubula seja condicionado.

No rio Incomáti, prevê-se o incremento de escoamento proveniente da montante, podendo atingir o nível de alerta na estação hidrométrica de Magude. Face a este cenário, prevê-se a inundação dos campos agrícolas nas zonas baixas do rio Incomáti e condicionamento da circulação rodoviária nos troços Maragra – Machubo, Maragra – Calanga, Magude – Chinhanguanine, Magude – Motaze e algumas vias secundárias e terciárias.

A ARA-Sul apela à sociedade em geral para a observância de medidas de precaução na travessia dos rios Umbeluzi, Maputo, Incomáti e Limpopo. Igualmente, recomenda-se o acompanhamento da informação hidrológica disseminada pelas entidades competentes.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos