O País – A verdade como notícia

Apagão na zona Norte e Centro custou cerca de USD um milhão à HCB

A interrupção no fornecimento de energia eléctrica registada na última terça-feira no Centro e Norte do país, e afectou igualmente a África do Sul e o Zimbabwe, originou prejuízos estimados em um milhão de dólares norte- americanos à empresa Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB), noticia a AIM.

O corte ocorreu por volta das 17 horas e foi causado por uma perturbação no processo de modernização dos servidores do sistema de controlo dos grupos geradores da empresa, um trabalho actualmente em curso naquele empreendimento.

Nos últimos meses a HCB está a desenvolver um programa de investimentos, denominado Capex Vital, que visa restabelecer a vitalidade do sistema electroprodutor que, segundo Moisés Machava, administrador técnico, está no limite de vida útil.

Machava explicou que a modernização dos servidores vem sendo desenvolvida com intervenção técnica do fabricante dos equipamentos, a empresa General Electric.

O apagão ocorreu durante uma intervenção técnica na central de produção eléctrica da barragem de Cahora-Bassa.

A interrupção afectou totalmente o fornecimento de energia aos clientes da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, nomeadamente a Electricidade de Moçambique (EDM), a ESKOM, da África do Sul e a ZESA, do Zimbabwe.

Segundo Moisés Machava, neste momento decidiu-se pela paralisação da reabilitação enquanto se investiga a causa da interrupção, um processo que poderá durar até ao final de semana.

A fonte detalhou ainda que o montante indicado como sendo de prejuízos decorrentes da interrupção do fornecimento de energia, refere-se às receitas que a companhia deixou de encaixar bem como as penalizações que resultam do incumprimento temporário do contrato com os seus clientes.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos