O País – A verdade como notícia

António Guterres vai a Kiev

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, vai visitar a Ucrânia na próxima quinta-feira, após reunir-se em Moscovo, na terça-feira, com o presidente russo Vladimir Putin, comunicou o líder da ONU.

De acordo com uma nota enviada às redacções, segundo o Observador, o António Guterres terá uma reunião de trabalho com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dmytro Kuleba, e será recebido pelo presidente, Volodymyr Zelenskyy.

“Guterres vai encontrar-se também com os membros das agências da ONU para discutir o reforço da assistência humanitária ao povo da Ucrânia”, acrescenta-se no mesmo comunicado.

O líder das Nações Unidas visita Moscovo, na Federação Russa, a 26 de Abril, onde vai encontrar-se com Vladimir Putin. Guterres terá em Moscovo uma reunião de trabalho e um almoço com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, e será recebido pelo presidente russo.

A confirmação da visita surge após um pedido feito na terça-feira passada pelo próprio secretário-geral, que, através de uma carta entregue à Missão Permanente da Federação Russa nas Nações Unidas, pediu para ser recebido por Putin.

“O secretário-geral disse que, neste momento de grande perigo e consequências, gostaria de discutir medidas urgentes para trazer a paz à Ucrânia e o futuro do multilateralismo com base na Carta das Nações Unidas e no direito internacional”, disse na quarta-feira o porta-voz do secretário-geral, Stéphane Dujarric.

A viagem de Guterres à Rússia acontece num momento em que o secretário-geral da ONU está a ser duramente criticado pela alegada passividade em tomar medidas concretas para travar a guerra na Ucrânia.

Esta semana, mais de 200 antigos dirigentes da ONU dirigiram uma carta a António Guterres, com um apelo para que seja mais proactivo em relação a esse conflito.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos