O País – A verdade como notícia

António Frangoulis diz que não leva “varinha mágica” para resolver problemas do CC

António Frangoulis diz que não leva varinha mágica para resolver os problemas do Conselho Constitucional. É respeitando a lei que o Juíz Conselheiro diz que dará a sua contribuição nos próximos cinco anos.

Uma semana depois de ser confirmado como candidato a Juiz Conselheiro do Conselho Constitucional indicado pelo maior partido da oposição, Renamo, o ex-diretor da extinta Polícia de Investigação Criminal falou dos objectivos como futuro juiz deste órgão de soberania.
 
Porque a composição do Conselho Constitucional obedece o critério da representação proporcional, onde a RENAMO é representada por dois juízes e a FRELIMO por três, Frangoulis diz que irá despir-se das cores partidárias, e usar a sua consciência e respeitar a lei.
 
Esta terça-feira a Comissão dos Assuntos Constitucionais, Direitos Humanos e da Legalidade realizou uma audição parlamentar aos candidatos a juízes conselheiros do Conselho Constitucional.
 
A Assembleia da República poderá, na próxima quinta-feira ratificar a nomeação da presidente do conselho constitucional e eleger os novos juízes conselheiros do órgão.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos