O País – A verdade como notícia

Antiga embaixadora de Moçambique nos EUA condenada a 10 anos de prisão

De acordo com o Tribunal Judicial da Cidade de Maputo, ficou provado que Amélia Sumbana cometeu os crimes de abuso de cargo, peculato e branqueamento de capitais, quando era embaixadora de Moçambique nos Estados Unidos de América.

Para além de ter sentenciado a uma pena de 10 anos de prisão efectiva, o Tribunal decidiu que a diplomata terá de pagar uma indemnização ao Estado no valor de 17.3 milhões de meticais, tendo sido apreendido um imóvel de que é proprietária, localizado na zona nobre da cidade de Maputo. O tribunal decidiu também congelar duas contas bancárias com cerca de 350 mil meticais.

A condenação pesada deve-se, segundo o juiz, ao facto de a arguida nunca ter reconhecido que actuou “em conflito com a lei”.

Entre outros ilícitos, a arguida terá usado parte do dinheiro para pagar a aquisição e reabilitação de um imóvel na cidade de Maputo, registada posteriormente em nome do marido. O advogado da antiga embaixadora, Pedro Macaringue, disse que vai recorrer do caso.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos