O País – A verdade como notícia

Antero Cambaco vai treinar Ferroviário de Nampula em 2018

O retumbante sucesso conseguido este ano pelo Desportivo de Nacala no campeonato moçambicano de futebol da 1ª Divisão onde se encontra, que terminou o Moçambola Zap entre os cinco primeiros classificados, suscitou cobiça de outros emblemas nos serviços do jovem treinador Antero Cambaco, responsável pela proeza.

Assim, pensando num clube de outra dimensão, Antero Cambaco vai mudar-se, em 2018, para o Ferroviário de Nampula, referência de maior dimensão na zona norte do país, e não só, segundo escreve o jornal A bola, pese embora na prova terminada semana passada tenha tido uma prestação muito aquém das expectativas, ocupando a décima posição.
Entretanto, Antero Cambaco não confirmou a ida ao Ferroviário de Nampula, tendo apenas se limitado a dizer que vai para um clube com o qual já firmou acordo, deixando a responsabilidade de anunciar o novo casamento ao referido clube. Cambaco disse apenas que deixa o Desportivo de Nacala com sentimento de missão cumprida, tendo por isso, na hora da despedida, deixado ficar uma mensagem de encorajamento aos adeptos dos “canarinhos” de Nacala, com promessa de um dia regressar ao clube.

Os “locomotivas” da capital nortenha investiram muito para o Moçambola da presente temporada, tendo no início sido rotulados de candidatos ao título, a avaliar pela qualidade do seu plantel e do seu treinador, Arnaldo Salvado. Só que, com o decorrer da prova, a realidade foi outra. A equipa primou pela palidez, os resultados não apareceram e, daí, começaram as desinteligências entre o treinador e a direcção do clube. Numa situação verdadeiramente atípica, o clube acabou afastando Arnaldo Salvado, a somente duas jornadas do final do campeonato.

Sérgio Faife para o lugar do Cambaco

Agora, e em jeito de preparação do próximo ano, a direcção do Ferroviário de Nampula assegurou os serviços de Antero Cambaco, segundo o jornal A bola.

Entretanto, para o lugar deixado vago por Antero Cambaco no Desportivo de Nacala há garantias de um treinador de referência, no caso concreto Sérgio Faife Matsolo, outro jovem da nova vaga de treinadores moçambicanos que conduziu o Ferroviário de Nacala, no seu primeiro ano no escalão principal, à conquista da Taça da Liga BNI.

Sérgio Faife, um lateral direito como poucos, enquanto jogador do Desportivo, do Costa do Sol e da Selecção, dirigiu este ano o Estrela Vermelha, mas sem êxito no Campeonato da Divisão de Honra, Zona Sul.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos