O País – A verdade como notícia

‘Animais’ de Álvaro Taruma no Plano Nacional de Leitura em Portugal

O livro de Álvaro Taruma integra lista do Plano Nacional de Leitura em Portugal (Ler +). Animais do ocaso foi lançado há três meses na Cidade do Porto e, depois, foi apresentado na Feira do Livro de Lisboa.

 

Às 10 horas desta terça-feira, Álvaro Taruma recebeu uma mensagem de um contacto cujo prefixo é +351. O poeta logo soube que se tratava de alguém que o escrevia a partir de Portugal. Na verdade, o prefixo pouco contribuiu para essa conclusão. Afinal, o contacto está gravado no seu telemóvel em nome do seu editor português.

Em geral, a mensagem que Álvaro Taruma recebeu dizia que o seu terceiro livro integra a lista do Plano Nacional de Leitura em Portugal. Ou seja, Animais do ocaso é um dos livros aconselhados para a leitura (a maiores de 18 anos) naquele país europeu.

A novidade chegou em jeito de um presente de Natal antecipado. Por isso, Álvaro Taruma, emborra surpreendido, ficou satisfeito com o reconhecimento da sua obra a 11 mil quilómetros de casa. “Esta é uma notícia inesperada. Na verdade, dá-nos orgulho e força, a mim, como autor, e a todos aqueles que aspiram escrever e àqueles que vivem de literatura em Moçambique. Mostra que é possível chegar longe com aquilo que produzimos cá”.

Além disso, Álvaro Taruma espera que a inclusão do seu livro no Plano Nacional de Leitura, em Portugal, sirva para demonstrar que a literatura moçambicana tem valor além-fronteiras.

A selecção dos livros que integram a lista do Plano Nacional de Leitura é feita por membros de júri representantes de vários sectores, de modo a que os leitores portugueses (alunos, professores e pais/ encarregados de educação) tenham a melhor oferta em termos de literatura. Assim, Álvaro Taruma deseja que o livro alcance mais pessoas e, assim, possa ter mais edições. Na verdade, pasa por aí uma das grandes vantagens da inclusão de um livro no Plano Nacional de Leitura em Portugal: divulgação de autores, permitindo que os seus livros fiquem inseridos nos programas das escolas”.

Animais do ocaso foi lançado há três meses, na Cidade do Porto, sob a chancela da Exclamação. Na mesma altura, foi apresentado na Feira do Livro de Lisboa. Ainda não está disponível para venda em Moçambique. Contudo, Taruma garante que, em breve, o livro será lançado por uma editora moçambicana.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos