O País – A verdade como notícia

Angola chega aos 100 óbitos por Coronavírus

Com a morte de mais quatro pessoas, nas últimas 24 horas, Angola atingiu a marca dos 100 óbitos por COVID-19, desde o surgimento dos primeiros casos positivos no país, em Março último.

A faixa etária das pessoas que morreram situa-se entre 10 a mais de 70 anos de idade, sendo 61 do sexo masculino (61 por cento) e 39 feminino (39 por cento), segundo o boletim epidemiológico do país, escreve a Angop.

Conforme o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, uma das quatro pessoas que perdeu a vida nas últimas 24 horas é da província de Benguela, que regista o primeiro óbito. Trata-se de um cidadão de 75 anos.

A par de Benguela, as províncias do Cuanza Norte (município do Cazengo) e Cuanza Sul (Sumbe) também já registaram um óbito cada, enquanto Luanda continua a liderar a lista de infectados no país, com mil e 153 activos, 856 recuperados e 97 mortes, acrescente ao órgão.

Com o diagnóstico de 51 novos casos, 59 recuperados e quatro óbitos, nas últimas 24 horas, a tabela evolutiva da pandemia em Angola regista um total de dois mil e 222 casos positivos, com 877 recuperados, 100 óbitos e mil e 245 activos.

Comparativamente aos quatro países que fazem fronteira com Angola, a Zâmbia lidera a lista dessa região, com um acumulado de onze mil e 82 infectados, dos quais 280 pessoas perderam a vida.

A seguir vem a República Democrática do Congo (RDC), com um total de nove mil e 829 casos, sendo 251 óbitos.

A Namíbia regista um total de cinco mil e 854 infectados, enquanto a República do Congo tem três mil e 850 casos confirmados, indica a Angop.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos