O País – A verdade como notícia

Angola busca FMI

Angola vai recorrer ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para reavivar a economia do país. O presidente daquele país, João Lourenço, defende que o pacote financeiro do FMI é seguro e difere-se do programa de resgate que foi para Portugal e Grécia.

Lourenço revelou que Angola vai beneficiar do financiamento do Fundo Monetário Internacional em condições melhores que o crédito de outros bancos comerciais, tendo garantido que não há nada a temer.

Segundo noticiou a Euronews, O FMI confirmou na última terça-feira ter recebido um pedido do Governo de Angola para o início de discussões de um programa económico ao abrigo do Programa de Financiamento Ampliado (Extended Fund Facility – EFF).

A medida, cujas negociações começarão em outubro próximo em Luanda, no quadro de nova missão, visa o apoio do FMI às políticas e reformas económicas definidas no Programa de Estabilização Macroeconómica (PEM) e no Plano de De-senvolvimento Nacional (PDN) de 2018 a 2022.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos