O País – A verdade como notícia

ANAC inicia formação de fiscais de conservação

O Governo, através da Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC), inicia, hoje, no distrito de KaNyaka, capital do país, a formação de 23 fiscais para as áreas de conservação marinha.

Trata-se da primeira formação especializada na história de conservação marinha no país e envolve fiscais provenientes das reservas Marinha Parcial da Ponta do Ouro e de Pomene, nas províncias de Maputo e Inhambane; e dos parques nacionais de Bazaruto e das Quirimbas, nas províncias de Inhambane e Cabo Delegado, no sul e norte de Moçambique.

Com duração de 21 dias, a formação é coordenada e financiada pelo Governo, através da ANAC, e será ministrada por instrutores nacionais e outros provenientes do Colégio de Fauna Bravia da África do Sul (Southern African Wildlife College), especializado no treinamento de gestores da vida selvagem.

A ANAC pretende, com a formação, fortalecer a conservação dos ecossistemas marinhos e intensificar o combate à delapidação da biodiversidade marinha no território nacional, principalmente a que se encontra em perigo de extinção, como o dugongo e tartaruga marinha. 
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos