O País – A verdade como notícia

AMETRAMO lança campanha de combate a falsos médicos tradicionais

Médicos tradicionais pretendem acabar com a proliferação de falsos curandeiros. Para o efeito arranca dentro de dias uma campanha com vista a identificar os que exercerem actividade de facto e a retirada de panfletos publicitários enganosos.

Imagens que anunciam milagres e cura de todo tipo de doenças, tem dias contados na cidade de Maputo. Isto porque Associação moçambicana dos Médicos Tradicionais de Moçambique, AMETRAMO, pretende disciplinar actividade e acabar com os ditos “charlatões”.
Para esta agremiação, muitos curandeiros, incluindo membros, têm estado a violar a ética e os estatutos da associação.

Esta campanha vai também abranger os estrangeiros que exercem actividade à margem da associação e aliciam pacientes com publicidades enganosas

A fiscalização será feita pelos bairros da capital, numa primeira fase e com colaboração dos chefes do quarteirão e secretários dos bairros.

Associação dos Médicos Tradicionais de Moçambique conta com aproximadamente 75 mil membros em todo o país.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos