O País – A verdade como notícia

Álvaro Massingue quer reforçar capacidade institucional da Câmara do Comércio

Sob o lema “Juntos por uma câmara abrangente, activa e ética”, o empresário Álvaro Massingue lançou, na tarde desta segunda-feira, na cidade da Beira, perante os empresários locais, a sua campanha eleitoral rumo às eleições da Câmara do Comércio de Moçambique, marcadas para 21 de Julho, com foco no reforço da capacidade institucional e aprimoramento da estrutura organizativa da câmara.

Este candidato, que lidera a lista C, é representado pela SOTUX. No seu manifesto, Massingue indicou que, com a candidatura, pretende buscar as melhores soluções para que os investimentos nacionais e estrangeiros se tornem cada vez mais propícios para o reflorescimento do empresariado.

“Pretendemos descentralizar a gestão da câmara, por forma a dotá-la de autonomia na sua sustentabilidade e criar delegações nas províncias onde a câmara não esteja instalada. O nosso lema ‘Juntos por uma câmara abrangente, activa e ética’, visa, acima de tudo, tornar a câmara regida pelos seguintes valores: boa governação corporativa, prestação de contas com responsabilidade fiscal, diversidade e liderança, inovação e integridade entre outros valores”, indicou Massingue.

Massingue referiu que a sua lista está ciente dos imensos problemas que limitam as actividades plenas da câmara, por isso foram identificados nove pilares, entre eles reforço da capacidade institucional e aprimoramento da estrutura organizativa da câmara, que visam responder aos referidos problemas e tornar a câmara mais abrangente.

“A nossa candidatura surge num momento em que o mundo, tal como o nosso país, é afectado pela pandemia da COVID-19. Esta pandemia, no campo empresarial e de negócios, mostrou as nossas vulnerabilidades e fragilidades, mas entendemos que não devem servir de desculpas para se interromper o trabalho normal dos associados à câmara, pelo contrário, nós queremos com esforços conjugados com os nossos parceiros estratégicos tornar a crise económica, social e política que atravessamos como uma oportunidade para melhorarmos, organizarmos e posicionarmos como líderes no processo de transformação e desenvolvimento económico do nosso país”, disse.

Segundo Masdingue, “precisamos de recuperar rapidamente o crescimento e incrementar resiliência dos membros da câmara que foram lesados pela COVID-19, assim como fortalecer para que sejam menos vulneráveis aos impactos de outros fenómenos imprevisíveis.”

Nesta quarta-feira, Álvaro Massingue apresentará o seu manifesto ao empresariado da capital do país.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos