O País – A verdade como notícia

Algumas zonas do país poderão registar temperaturas frescas e outras quentes

As zonas sul e centro do país poderão registar temperaturas amenas, com céu nublado, possibilidade de chuvas fracas locais na faixa costeira e vento de sudoeste a sueste fraco a moderado.

A meteorologia prevê para a capital do país uma temperatura máxima de 27 e mínima de 17 graus Celsius.

Inhambane e Vilankulo, na terra da boa gente, poderão registar 25 graus de máxima, 19 e 18 de mínima, respectivamente. Enquanto, para a cidade de Xai-Xai, prevê-se uma máxima de 26 e uma mínima de 13 graus Celsius.

Para a região centro do país, os termómetros apontam para temperaturas quentes e frescas. Tete e Quelimane poderão registar 29 e 28 graus de máxima e 17 e 15 graus Celsius de mínima, respectivamente.

Já Chimoio e Beira poderão registar 22 e 24 graus de máxima e mínimas de 12 e 19 graus Celsius, respectivamente.

Vento de quadrante norte fraco a moderado, soprando por vezes, com rajadas locais, possibilidade de neblinas ou nevoeiros locais e ocorrência de chuviscos ou chuvas fracas locais, principalmente ao longo da zona costeira, poderão caracterizar a zona norte do país.

Assim, Lichinga será a cidade mais fria da zona norte com uma máxima de 22 e mínima de 10 graus Celsius. O INAM prevê para Nampula e Pemba temperaturas máximas de 27 e 28 e mínimas de 17 e 20, respectivamente.

No canal de Moçambique, há luz verde para a navegação marítima. A região poderá ser caracterizada por vento de sueste 05-20 nós (10 – 40 km/h), com rajadas até 25 nós (50km/h) a sul do paralelo 20 graus sul; mar pouco agitado a agitado; ondas com altura até 2.5 metros; chuvas fracas ou chuviscos locais; neblinas ou nevoeiros matinais locais; visibilidade boa a moderada.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos