O País – A verdade como notícia

Alfândegas apreendem 50 mil maços de cigarro contrabandeado em Manica

As autoridades alfandegárias posicionadas na província central de Manica apreenderam 50 mil maços de cigarro que estavam na rota de contrabando.

A mercadoria, segundo apurou o “O País” seguia do vizinho Zimbabwe, tinha como destino a cidade de Maputo.

Remigy Guiamba, director das Alfândegas em Manica avançou que os cinquenta mil maços de cigarros de marca Pacific Blue de fabrico zimbabweano, foram apreendidos no distrito de Gondola e estavam a ser transportados num camião articulado.

Os cigarros, segundo Guiamba, estavam arrumados em caixas de água, uma estratégia que pode ter sido usada para driblar os homens da Brigada da Reacção Táctica (BRT) que nos últimos dias tem se empenhado no desmantelamento de redes de fuga ao fisco, sobretudo de cigarros e bebidas.

“Mostravam que eram caixas de água, mas afinal de contas tinham lá misturados e disfarçados também cigarros de fabrico zimbabweano contrabandeado de marca Pacific Blue em número de 250 caixas correspondentes a mais de 50 mil maços de cigarro sem selo”, revelou a fonte para quem o Estado poderá ter perdido uma quantia de mais de 2.5 milhões de meticais.

Remigy Guiamba alerta aos que enveredam por este esquema de fuga ao fisco a abandonarem a prática, pois poderão ver as suas mercadorias apreendidas tal como tem estado a acontecer.

“Nós vamos continuar a fazer o nosso trabalho, principalmente para esse caso de cigarros e bebidas não selados, para que o Estado não perca os valores que devia cobrar”, disse.

As autoridades alfandegárias já instaram um processo sobre esta mercadoria, o qual já segue seus tramites no tribunal Aduneiro, o qual deverá decidir sobre o seu destino.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos