O País – A verdade como notícia

Alcides Chambal mais um ano ‘hidrocarboneto’

O técnico moçambicano, Alcides Chambal, renovou seu contrato com a ENH de Vilankulo, equipa que representa desde o início deste ano 2018, por mais uma temporada. O novo contrato de trabalho foi assinado semana passada entre o técnico e a direcção do clube, com destaque para Omar Mithá, PCA da Empresa Nacional de hidrocarbonetos, patrocinadora da equipa.

O antigo seleccionador nacional adjunto dos Mambas chegou aos “hidrocarbonetos” no início de época terminada, para substituir Boris Pucic, que até era funcionário da empresa, em Vilankulo.

O técnico, que em como adjunto o antigo guarda-redes do Desportivo de Maputo, Victor, conseguiu assegurar a manutenção na época 2018, ao colocar a equipa na 11ª posição, no final do campeonato nacional de futebol, o Moçambola. A turma de Vilankulo, que ascendeu ao Moçambola após ter vencido a segunda divisão, zona sul, em 2014, somou 38 pontos, mais quatro que a primeira equipa dos despromovidos, a UP de Manica. Para trás deixou o Incomati de Xinavane, na 12ª posição, com os mesmos pontos do Ferroviário de Nacala, último, dos que permaneceram, cada um com 35 pontos. Ao todo, os “hidrocarbonetos” venceram dez jogos, empataram oito e perderam 12 partidas, tendo marcado 21 golos e sofrido 26, um saldo negativo de cinco golos.

Mas nmeros que convenceram a direcção, que decidiu renovar com o técnico, com a missão de melhorar a classificação, em 2019, colocando a equipa nas cinco primeiras posições do Moçambola. Mas há mais: na época 2018, na Taça de Moçambique, a ENH passou da fase provincial, tendo sido afastado na fase regional pelo Costa do Sol, pelo agregado magro de 1-0, no conjunto das duas mãos, resultado alcançado em Maputo, uma vez que em Vilankulo o jogo terminou sem abertura de contagem. A fasquia é maior agora. A direcção quer que o técnico comande a equipa até o mais longe possível na segunda maior competição futebolística do país.

Para já, Alcides Chambal vai continuar a ser auxiliado por Victor, não se sabendo que manterá o mesmo staff técnico com o qual trabalhou este ano.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos