O País – A verdade como notícia

Agricultores denunciam suposta burla por empresa que se dedica a compra de mandioca

Agricultores de Inharrime denunciam uma suposta burla, perpetrada pela empresa que se dedica a compra da mandioca, para o fabrico de cerveja. Os camponeses dizem que, o preço a que são obrigados a vender o quilograma não compensa o esforço do seu trabalho e pede a intervenção do governo, no reajuste do preço da mandioca.

A firma foi instalada e arrancou com o processamento da mandioca, em Setembro de 2018. Objectivo era incentivar aos pequenos e grandes produtores, a incrementarem suas áreas de cultivo, para a posterior ser vendida à empresa que fabrica cerveja. A notícia foi bem vinda mas, meses depois, são os próprios agricultores que se queixam do baixo preço a que são obrigados a vender seu produto onde, segundo eles, a empresa adquire o quilograma entre 1. 50 centavos a 2.50 centavos.

E pedem a intervenção do governo, para o reajuste do preço, que compense seu esforço de trabalho.

Entretanto, a empresa explica que, o preço praticado é o negociado com cada produtor e acrescenta que, cada agricultor é livre de vender sua produção.

Com o objectivo de incentivar aos camponeses a aumentarem suas áreas de produção, a firma avançou que, tem alocado seus assistentes junto aos produtores e futuramente projecta processar entre 80 a 300 toneladas por dia, contra as 60 toneladas processadas actualmente e, para além da cerveja a empresa passa a processar a farinha da mandioca.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos