O País – A verdade como notícia

Agentes de educação cívica recorrem a tractores e canoas para chegar às zonas inundadas em Manica

Em Manica, estima-se que mais de 15 mil pessoas encontram-se sitiadas nalgumas localidades do distrito de Sussundenga devido a depressão tropical Idai que inundou os rios Lucite e Búzi.

O País procurou saber do director provincial adjunto do STAE em Manica, Zacarias Sithole como os brigadistas chegarão às zonas de difícil acesso para a campanha de educação cívica ao eleitorado rumo as eleições de Outubro próximo.

"Estamos preparados, onde for necessário usar tractores vamos usar tractores, onde for necessário usar canoas usaremos canoas, todos meios possíveis até tracção humana. O recenseamento é uma realidade e vai acontecer na Província de Manica", respondeu director provincial adjunto do STAE em Manica.

Os órgãos eleitorais reconhecem que não se afigura uma missão fácil para os agentes cobrirem todas zonas na campanha de educação cívica que arrancou esta segunda-feira à escala nacional, por isso pede maior empenho e aos envolvidos no processo.

"Queremos apelar a maior disciplina, muita dedicação, muita entrega ao sacrifício. Vocês serão o rosto visível dos órgãos eleitorais" apelou o Presidente da comissão provincial de eleições em Manica, Januário rochete.

Em Manica a campanha de educação cívica deverá abranger cerca de 500 mil eleitores que serão inscritos a partir de 15 de Abril a 30 de Maio para as eleições gerais deste ano.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos