O País – A verdade como notícia

Agentes da Polícia que agrediram cidadão em Maputo continuam impunes

Os agentes da Polícia Municipal que, há cerca de duas semanas, agrediram, na cidade de Maputo, um jovem continuam impunes e em pleno exercício das suas actividades. A confirmação é do próprio Comando da Polícia Municipal que mostrou-se indisponível para entrevista.

Um vídeo amador que circulou há duas semanas mostrando agentes da Polícia Municipal a arrastar e agredir um jovem indefeso chocou a sociedade moçambicana. Na ocasião, o comandante da Polícia Municipal reconheceu ter havido “excesso de zelo” por parte dos seus agentes. Pediu desculpas publicamente e disse ao “O País” que os agentes envolvidos, naquela agressão, estavam suspensos e seriam alvos de um processo disciplinar. Ernesto Zualo chegou a falar dos contornos dos processos instaurados.

“Já tem um processo levantado para responsabilizar a atitude dos nossos agentes”.

Depois destas declarações, o presidente do Município de Maputo, Eneas Comiche, afirmou que estavam em marcha acções visando responsabilizar estes agentes e lamentou a situação.

“Nós assumimos que este comportamento não é o desejado, a Polícia Municipal está para servir, garantindo o cumprimento das posturas municipais e não da forma como sucedeu”, disse Comiche, afirmando que os agentes seriam responsabilizados.

Estas declarações não passaram de letra morta, pois os referidos agentes continuam a trabalhar e, não foram alvo de qualquer processo ou sanção.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos