O País – A verdade como notícia

África do Sul põe fim na obrigatoriedade do uso da máscara ao ar livre

Foto: Notícias ao Minuto

O Governo da África do Sul anunciou o fim da obrigatoriedade do uso de máscara ao ar livre, pela primeira vez, desde 2020, e aboliu a exigência de teste PCR negativo contra a COVID-19 para quem entrar vacinado no país.

A África do Sul está a aprender a conviver com o vírus da COVID-19 e a voltar ao normal de forma segura, disse na terça-feira, o presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, na comunicação à nação sobre as medidas preventivas contra o novo Coronavírus.

Assim, entre as medidas relaxadas, passa a não ser obrigatório o uso da máscara ao ar livre na África do Sul, mas a mesma deve ser usada em espaços fechados.

Continua a ser obrigatória a apresentação de comprovativo de vacinação contra a COVID-19 ou teste PCR negativo, até 72 horas para os viajantes que cheguem ao país,

Tanto os locais internos quanto os externos podem agora ocupar até 50 por de sua capacidade, desde que, como critério de entrada nesses locais, haja comprovação de vacinação ou teste da COVID-19 em menos de três dias.

A redução do número de mortes por COVID-19 e de pessoas com doença grave foi o que o presidente sul-africano justificou para o relaxamento das medidas.

Entretanto, o país permanecerá em estado de calamidade nacional até pelo menos o próximo mês de Abril, apesar de a medida ser duramente criticada por grupos opositores.

Cyril Ramaphosa apelou ainda aos sul-africanos para se vacinarem contra a doença e aumentar a taxa de vacinação que, neste momento, se encontra a cerca de 30 por cento.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos