O País – A verdade como notícia

África do Sul aprova vacina do laboratório chinês Sinovac

África do Sul anunciou, hoje, a aprovação da vacina Coronavac, do laboratório chinês Sinovac, no meio de uma terceira vaga da COVID-19, impulsionada pela variante Delta e que está a causar recordes de infecções.

O Governo de Cyril Ramaphosa procura acelerar a vacinação, após quase cinco meses de progressos muito lentos.

Até agora, a África do Sul, que é o epicentro da pandemia no continente africano, tinha aprovado apenas as vacinas da Johnson & Johnson e da farmacêutica Pfizer, mas o órgão regulador nacional de medicamentos anunciou, hoje, a aprovação para uso emergencial da vacina Coronavac, do laboratório chinês Sinovac.

De acordo com os últimos dados, publicados sexta-feira à noite pelas autoridades de saúde, África do Sul já ultrapassou o limite de dois milhões de casos, tendo registado 24.270 novas infecções na sexta-feira, o que representa o maior aumento num único dia desde o início da pandemia.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos