O País – A verdade como notícia

África do Sul anuncia ajuste de restrições contra COVID-19

O Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, anunciou, ontem, a adopção do nível três de confinamento, ajustando as restrições, para conter o avanço da terceira vaga da COVID-19 no país.

O recolher obrigatório faz parte da nova aposta do governo sul-africano no combate e mitigação do novo Coronavírus.

“O Governo ajustou o confinamento para o nível três, a partir de ontem, à noite, com um novo recolher obrigatório das 22 até às 04 horas”, frisou Ramaphosa citado pela Lusa.

Entre as medidas ajustadas, o Presidente sul-africano referiu, também, que o uso da máscara e consumo de álcool em espaços públicos permanece proibido.

Restaurantes e bares passam a encerrar às 21 horas, os encontros estão limitados a 50 pessoas no interior e a 100 no exterior, os funerais não podem exceder 50 pessoas.

O chefe de Estado referiu que o número de óbitos associados à COVID-19 no país aumentou cerca de 48% em apenas duas semanas.

Numa comunicação à Nação, o Presidente sul-africano disse que os hospitais privados estão próximos da capacidade máxima, sublinhando que se deve agir de forma rápida e decisiva para conter o aumento das infecções.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos