O País – A verdade como notícia

Afinal Mambas vão disputar um torneio em Nouakchott

Fotos: FMF

A selecção nacional de futebol, os Mambas, vai disputar o Torneio Internacional de Nouakchott, na capital da Mauritânia, com integração da selecção anfitriã, Moçambique, Líbia e Níger. Os Mambas vão defrontar Níger e Mauritânia, respectivamente a 23 e 26 de Março corrente.

A participação de Moçambique na Data-FIFA deste mês de Março, na Mauritânia, é, na verdade, para disputar o Torneio Internacional de Nouakchott, organizado pelo país anfitrião, que vai juntar quatro países, embora não joguem todas contras todas, tal como acontece em torneios quadrangulares.

Contrariamente ao que estava inicialmente agendado, que os Mambas defrontariam a Líbia e a Mauritânia, o novo calendário de jogos dos Mambas em Nouakchott indica que, afinal, é com Níger que vai abrir o torneio, a 23 de Março próximo.

Os Mambas voltam a jogar três dias depois, a 26 de Março, diante dos anfitriões, Mauritânia, não havendo espaço para mais um jogo diante da Líbia.

O Níger, por seu turno, depois de defrontar os Mambas no primeiro dia, volta a jogar com a Líbia, três dias depois, restando apenas o embate entre Líbia e Mauritânia, marcado para 29 de Março, último dia da Data-FIFA.

Entretanto, a convocatória dos Mambas para estes dois embates está prevista para esta sexta-feira, uma vez que o seleccionador nacional, que esteve em Portugal desde o último jogo do combinado nacional, em Novembro passado, para a qualificação ao Mundial, diante do Malawi, só esta quarta-feira aterrou ao país.

Chiquinho Conde vai chamar todo arsenal dos Mambas, principalmente os que actuam fora de portas, aproveitando o facto das restrições derivadas da pandemia da COVID-19 terem cessado em vários países da Europa.

Ainda assim, alguns dos “habitués” na selecção nacional e que jogam intramuros, serão chamados, a exemplo dos guarda-redes, uma vez que não há moçambicanos dessa posição a actuarem fora de portas.

Segundo uma fonte da Federação Moçambicana de Futebol, maior parte dos seleccionados será de jogadores que actuam internamente, tendo em conta a recta final de alguns campeonatos na Europa, o que poderá fazer com que alguns jogadores optem por não se deslocar a Nouakchott para o referido torneio internacional.

A maior expectativa será, certamente, a disponibilidade de jogadores como Reinildo Mandava e Geny Catamo, que depois de trocarem de clubes procuram uma boa recta final em representação do Atlético Madrid e Vitória de Guimarães, respectivamente.

Reinildo tem estado a jogar a titular e vai, certamente, procurar segurar a titularidade na equipa de Diego Simeone, enquanto Geny Catamo ainda não conseguiu convencer totalmente o seu treinador nos minhotos, podendo aproveitar esta paragem das selecções para tentar se mostrar durante os treinos, para a última etapa da Liga Bwin portuguesa.

Mas dúvidas residem também em relação a alguns jogadores que não têm sido convocados nos seus clubes por diversos motivos. Mexer, por exemplo, por opção técnica não tem sido chamado para os jogos do Bordéus, e quer aproveitar a saída de alguns defesas para as suas selecções para tentar convencer o seu treinador, o mesmo acontece com Kamo Kamo Cumbane, Witi Quembo e Reginaldo, que são chamados com frequência aos Mambas.

Relativamente aos possíveis chamados, resta saber se Chiquinho Conde vai continuar a confiar nos préstimos do capitão Domingues, único moçambicano na diáspora que marcou pelo seu clube, no caso concreto o Royal AM da África do Sul.

 

NENHUM TREINO EM SOLO PÁTRIO

De acordo com fonte federativa, os Mambas não vão realizar nenhum treino em Maputo, estando todos eles agendados para Nouakchott, a partir do dia da chegada à capital mauritana.

Assim, os jogadores que actuam internamente, ou seja, em clubes nacionais, bem como os que jogam na vizinha África do Sul, partem todos juntos no domingo, devendo o primeiro treino ser na segunda-feira, 21 de Março, já em solo mauritano.

Os jogadores que actuam na Europa são esperados na segunda-feira e o treino conjunto será apenas na terça-feira, antes do jogo da quarta-feira, 23 de Março. Depois do embate de sábado, 26 de Março, os jogadores regressam aos seus locais de origem.

Recorde-se que estes dois jogos inserem-se nos preparativos dos Mambas para os quatro jogos que terão em Junho, de qualificação ao Campeonato Africanos das Nações, que terá lugar próximo ano na Costa do Marfim, para além do torneio Cosafa, que de princípio será disputado na África do Sul em Maio ou Julho, para além das primeiras eliminatórias de acesso à fase de grupos de qualificação ao CHAN.

 

CALENDÁRIO DE JOGOS DO TORNEIO INTERNACIONAL DE NOUAKCHOTT

23 de Março de 2022

21H00 Níger  vs   Moçambique

26 de Março de 2022

18H00 Líbia             vs       Níger

21H00 Mauritânia    vs       Moçambique

29 de Março de 2022

21H00 Mauritânia    vs Líbia

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos