O País – A verdade como notícia

Aeronave da LAM despista durante a aterragem no Aeroporto de Maputo

Uma aeronave das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) despistou-se no final da tarde desta segunda-feira, por volta das 16h50, durante a aterragem no Aeroporto Internacional de Maputo. Trata-se da aeronave, do voo TM 165, operada pela sua subsidiária MEX, que fez o percurso Nacala, Beira, Maputo.

Segundo as Linhas Aéreas de Moçambique, no momento de aterragem do voo TM 165 de hoje, no Aeroporto Internacional de Maputo, a tripulação sentiu um deslize rápido e repentino da aeronave, tendo tomado de imediato os procedimentos para fazer o movimento inverso, de modo a imobilizar a aeronave.

Na sequência, a aeronave de marca Embraer 145 terá saído da pista pela parte lateral. Após a imobilização da aeronave, os 25 passageiros e 4 tripulantes desceram em segurança, sem nenhum ferimento.

No momento da aterragem do voo, o vento estava à velocidade de 50 quilómetros por hora. Na sequência do incidente, a LAM e a sua subsidiária MEX, criaram uma Comissão de Inquérito interna que será responsável pelo contacto com as entidades competentes para o apuramento das causas.

“Os passageiros e a tripulação desembarcaram em segurança e neste momento decorrem providências para facultar mais detalhes sobre a ocorrência” indica um comunicado da LAM, emitida há instantes.

"Eu não sei como aconteceu. Só vi que estávamos para aterrar e de repente o piloto parece que teve dificuldades. O voo não entrou na pista e foi para o mato", narrou ao "O País" trémula e lacrimejando, uma testemunha que vivenciou o momento do despiste do voo da MEX, esta tarde, no aeroporto internacional de Mavalane.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos