O País – A verdade como notícia

Advogados discutem ética e seu lugar no sistema da justiça

A Ordem dos Advogados de Moçambique realiza, a partir da próxima sexta-feira dia 24 de Novembro, a segunda Conferencia Nacional dos Advogados. Na agenda estão temas que vão desde a deontologia profissional, até a divida pública. Segundo o bastonário da ordem dos advogados, Flávio Menete, sendo a profissão de advogado de natureza social é importante sempre procurar que estes tenham respeito e mantenham boas práticas nas suas relações com os colegas, bem como com os seus constituintes, o publico neste caso.

Pretendem também os advogados analisar se existem no ordenamento jurídico nacional regras suficientes para colocar os advogados numa relação equilibrada com outros actores da justiça, “porque o cidadão só se vai sentir protegido quando entender que o seu advogado está numa posição forte no tribunal.”

Os advogados vão também discutir a advocacia de interesse publico, nomeadamente o que podem fazer pelas comunidades afectadas pelos diversos projectos económicos, bem como a questão da divida publica. Vão também capacitar-se em matérias de meios alternativos de resolução de conflitos, porque, segundo o bastonário daquela ordem, nem todos os conflitos deviam chegar a tribunal, e o advogado pode ser uma peca chave para que isso aconteça.

Os advogados querem também ser mais utilizados nos mega projectos em curso no país e por isso irão também discutir na Beira formas de inclusão, em grandes empresas, de causídicos nacionais no conteúdo local.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos