O País – A verdade como notícia

Adriano Maleiane é o novo Primeiro-Ministro de Moçambique

O Presidente da República, Filipe Nyusi, nomeou Adriano Afonso Maleiane para o cargo de Primeiro-Ministro em substituição de Carlos Agostinho do Rosário, exonerado esta quinta-feira.

Até à data da sua nomeação, Adriano Maleiane ocupava o cargo de ministro da Economia e Finanças, lugar para o qual Filipe Nyusi nomeou Ernesto Max Elias Tonela.

O Chefe de Estado nomeou, igualmente, Carlos Alberto Fortes Mesquita para o cargo de ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, em substituição de João Osvaldo Machatine. Este é o terceiro cargo ministerial que Mesquita ocupa nos dois mandatos de Filipe Nyusi, tendo primeiro sido nomeado ministro dos Transportes e Comunicações e da Indústria e Comércio, sendo este último exercido até à sua exoneração na última quarta-feira. E, para este pelouro, o Presidente da República nomeou Silvino Augusto José Moreno.

Depois de exonerada do cargo de vice-ministra da Saúde, Lídia de Fátima da Graça Cardoso, foi nomeada ministra do Mar, Águas Interiores e Pescas, em substituição de Augusta Maíta, que ascendeu ao cargo depois de desempenhar funções de directora-geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), actualmente INGD.

Carlos Joaquim Zacarias passa a ocupar o lugar deixado vago por Max Tonela, nos Recursos Minerais e Energia e deixa o Instituto Nacional de Petróleos (INP), instituição na qual exercia as funções de presidente do Conselho de Administração.

Por fim, Filipe Nyusi nomeou o antigo director nacional do Tesouro, Amílcar Paia Tivane, para o cargo de vice-ministro da Economia e Finanças.

Com estas nomeações, ficam de fora do xadrez do executivo de Nyusi, Carlos Agostinho do Rosário, João Osvaldo Machatine, Augusta Maíta e Carlos Silyia.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos