O País – A verdade como notícia

Adesão à UE: CE recomenda atribuição de estatuto de país candidato à Ucrânia

Foto: Notícias ao Minuto

A Comissão Europeia recomendou hoje que a Ucrânia e a Moldávia lhes fosse concedido o estatuto de candidatos a membros da União Europeia. Isso significa que os dois países já ultrapassaram a primeira fase dos requisitos de adesão ao bloco.

A Ucrânia viu o seu pedido de adesão à União Europeia ganhar asas depois de, nesta sexta-feira, a Comissão Europeia ter dado nota positiva aos esforços que o país, liderado por Zelensky, tem feito para melhorar a sua economia.

“Temos uma mensagem clara, que é: sim, a Ucrânia merece a perspectiva europeia, e sim, a Ucrânia deve ser acolhida como país candidato”, anunciou a presidente da Comissão Europeia.

Ursula von der Leyen diz que, apesar de ainda ter que fazer algumas reformas económicas estruturais e ambiciosas, a Ucrânia tem demonstrado uma notável resiliência com a estabilidade macro-económica e financeira e aproximou-se, gradualmente, de elementos substanciais do acervo da UE em muitas áreas.

A chefe da Comissão Europeia refere ainda que todo o processo é baseado nos méritos, pelo que, a esta altura, caberá à Ucrânia proceder a todas as reformas necessárias para cumprir os requisitos da adesão. Entretanto, a guerra na Ucrânia poderá dificultar a implementação de reformas económicas.

Além da Ucrânia, a recomendação da Comissão Europeia para a atribuição do estatuto de país candidato à adesão à União Europeia foi atribuída a Moldava.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos