O País – A verdade como notícia

Adeptos e simpatizantes do Benfica em Maputo comemoram o 37º título

O Benfica sagrou-se, ontem, campeão português de futebol ao vencer a Santa Clara por 4-1. Em Maputo, adeptos e simpatizantes do Benfica encheram as ruas da cidade de Maputo para festejar o trigésimo sétimo título dos encarnados.

Alguns comemoravam ao ritmo dos portugueses através da televisão, por onde era possível ver Pizzi, Jonas e a sensação João Félix, o miúdo que maravilhou esta temporada e colocou a Europa a seus pés. E, se a distância pode ser longa para comemorar com os adeptos encarnados na Luz, nalguns cálices de vinho, mesmo sabendo ao icónico vinho do Porto, as águias voavam de todos cantos incluindo em Maputo para festejar o título.

Entre as mesas, uns com caras fechadas contrariavam o cenário de alegria: eram certamente adeptos do Porto, ou do Sporting, ou nem uma nem outra, eram simplesmente clientes.

Qual Marquês do Pombal, a Praça Robert Mugabe ficou pintada de vermelho com centenas de adeptos a convergirem neste local.  
Assumir-se como adepto dos leões, ou mesmo dos Dragões, era o mesmo que assumir-se como adepto de uma espécie sem nome, e como gozavam os adeptos encarnados, enfeitando o animal com cascóis de ambos clubes: “de burros”.

A nova estirpe de adepto, era quase uma celebridade, a passar pelos paparazzis de Hollywood, eram fotos, flashes e mais fotos, num autêntico mar vermelho que se criou, para comemorar o título número 37 dos encarnados.

O clube tem jovens bastante promissores, que para comemorar as conquistas que virão, é preciso preparar o sangue novo.
Os carros embelezados, as taças improvisadas e até os cachorros com cascóis, deram o toque encarnado a uma noite onde um dos clubes com o maior número de sócios adicionou a sua vitrine, mais um titulo.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos