O País – A verdade como notícia

AD Macuácua pede anulação da decisão do Conselho de Disciplina

Quase um mês depois da decisão do Conselho de Disciplina da Federação Moçambicana de Futebol penalizar a Associação Desportiva de Macuácua com a retirada de 21 pontos por alegado uso do jogador mal inscrito, de nome Samuel Sião Mendes, a equipa de Gaza reagiu.

A Associação Desportiva de Macuácua considera improcedente a decisão, uma vez que o jogador apresentado pelo Desportivo Maputo como mal inscrito havia disputado alguns jogos pelos alvi-negros, no Moçambola 2016. E por isso, pede a anulação da decisão tomada.

Com tudo isto, a direcção de Macuácua interpôs recurso junto do Conselho Jurisdicional do órgão que gere o futebol moçambicano, estando ainda à espera da decisão final. E adianta que caso a resposta não seja satisfatória, vai requerer às instâncias superiores.

E porque a direcção do Macuácua não se conforma com o seu afastamento do Moçambola 2019, amanhã, vai abrir as oficinas e apresentar a equipa técnica e os jogadores com o sonho de disputar a maior prova de futebol nacional.

Para reagir ao recurso interposto pela Associação Desportiva de Macuácua, a Federação Moçambicana de Futebol diz que vai se pronunciar depois do dia 21, uma vez estar de férias colectivas.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos