O País – A verdade como notícia

Actores moçambicanos “incendeiam” França

Fotos: Bruno Castro

 

A encenação de Victor de Oliveira, Incêndios, encontra-se em digressão em França. Naquele país europeu, o espectáculo estreou em Nantes e ainda será apresentado na capital Paris.

 

Há mais ou menos dois anos, a peça Incêndios, encenada por Victor de Oliveira, estreou no Centro Cultural Franco-Moçambicano, na Cidade de Maputo. Agora, depois de dois adiamentos, Incêndios está em digressão em França. Na verdade, a primeira das duas apresentações dos moçambicanos em Nantes foi feita esta terça-feira à noite, no Grand Théâtre. A seguir, o elenco de actores constituído por Josefina Massango, Alberto Magassela, Ana Magaia, Rita Couto, Sufaida Moyane, Eunice Mandlate, Klemente Tsamba, Bruno Huca, Elliot Alex e Horácio Guiamba parte a Paris, onde fará três apresentações do mesmo espectáculo.

Para o encenador Victor de Oliveira, é uma lufada de ar fresco poder voltar aos palcos depois de um momento de tanta incerteza. “Estamos todos muito felizes por poder estar aqui depois de muito tempo sem espectáculos. Estamos cá, moçambicanos rodeados de jovens técnicos moçambicanos que estão aqui a fazer formação. Essa toda energia em torno da cultura moçambicana que está a haver fora é muito importante e temos consciência disso”.

A condizer com as palavras de Victor de Oliveira, Josefina Massango referiu, esta quarta-feira, que os actores estão a viver um momento especial, ironicamente, num contexto em que os teatros estão encerrados em Moçambique. “É sem dúvidas um momento único, depois de longo tempo na expectativa, de preparação e ansiedade. Finalmente, aqui estamos com muita força para pisar os palcos e transmitir o calor trazido de África aqui aos franceses. Acredito que será uma belíssima digressão e oxalá que daqui para frente isto não volte a parar. Agradeço ao Victor por este esforço todo”.

Esta não é a primeira vez que a encenação Incêndios, de Victor de Oliveira, é a presentada na Europa. Há dois anos, a peça também foi levada a Portugal, onde foi considerada um dos melhores espectáculos apresentados naquele país.  

 

Sinopse

À leitura do testamento de Nawal Marwan, os gémeos Joana (Rita Couto) e Simão (Bruno Huca), seus filhos, devem fazer face a revelações estranhas: o pai deles não está morto e têm um irmão. Que fazer? Deixar tudo, atravessar o mar e um continente para ir ao encontro de um país longínquo e desconhecido, à busca da história da sua mãe e do mistério do seu nascimento? Essa busca da verdade não os fará correr o risco de poder levá-los ao impensável?

A encenação de Victor de Oliveira é feita ao texto original de Wajdi Mouawad, que explora o cruzamento entre o que poderia e é uma história de amor e a tragédia causada pelas escolhas horríveis dos homens. Portanto, Incêndios é a história da Nawal Marwan (Sufaida Moyane, Josefina Massango e Ana Magaia), dos lugares e dos filhos daquela personagem gerados sob fogo e à procura da verdade dessa mãe que lhes escondeu as suas origens.

 

Agenda

– 29 e 30 Junho, Grand Théâtre de Nantes

– 3,4 e 6 Julho, MC93 em Paris

– 8 de Julho, Scène National de Châtenay-Malabry

– 12 e 13 de Julho, Teatro Navional da Bretanha, Rennes

 

 

 

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos