O País – A verdade como notícia

Abdenigo Machava e Zeferina Marinho conquistam Corrida Millennium Bim

O sul-africano Abdenigo Machava, e a moçambicana, Zeferina Marinho foram os grandes vencedores da 13ª edição da corrida pedestre patrocinada pelo Millenium BIM. Alberto Mamba, segundo na geral, foi o primeiro em masculinos, na categoria dos nacionais.
 
 13ª edição da corrida Millennium Bim! 13ª vez consecutiva que Maputo acolhe esta prova que congrega atletas nacionais e estrangeiros, que já conta no calendário anual do atletismo da cidade de Maputo. O principal objectivo desta prova é dar maior competitividade aos atletas nacionais, e quiçá, internacionais, para as suas competições oficiais.

Tratou-se da 13ª vez que o Millenium BIM organiza e patrocina a corrida pedestre que este ano teve a participação de mais de 500 participantes, entre federados, estrangeiros e nacionais, juvenis, veteranos, colaboradores do banco, pessoas portadoras de deficiência e, pela primeira vez, a corrida de bicicletas, que foi a grande novidade.

Com a partida no Parque dos Continuadores, os atletas percorreram várias artérias da cidades de Maputo, dentre elas as avenidas Julius Nyerere, marginal, Praça Robert Mugabe, 25 de Setembro e Samora Machel, tendo desaguado na Praça da Independência, bem em frente ao Conselho Municipal de Maputo.

Na hora de cortar a meta, Abdenigo Machava, atleta sul-africano, foi o primeiro a chegar, com o tempo de 41 minutos, 20 segundos e 37 centésimos, levando para a casa o prémio máximo, embora dividido em categorias, respectivamente nos estrangeiros. Mas Alberto Mamba, com o tempo de 42 minutos, 23 segundos e 24 centésimos, terminou na segunda posição na classificação geral, mas venceu o prémio na categoria de nacionais, tendo sido seguido por Flávio Sihohle, com 45 minutos, 29 segundos e 63 centésimos, e Samuel Machava, com o tempo de 45 minutos, 36 segundos e 90 centésimos.

Na categoria de femininos, Zeferina Marinho não teve oposição e terminou na frente com o tempo de 53 minutos, 19 segundos e 35 centésimos, sendo seguida por Madalena Quisito (57 minutos, 14 segundos e 41 centésimos) e Atália Pelembe (58 minutos, 56 segundos e 34 centésimos). Zeferina Marinho recupera o primeiro lugar perdido ano passado para a belga Anna Galle, depois de ter vencido em 2016.

Os primeiros classificados em federados, masculinos e femininos, receberam um prémio monetário de 25 mil meticais, enquanto os segundos receberam 20 mil e os terceiros classificados, 15 mil meticais.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos