O País – A verdade como notícia

Reinildo vs Ronaldo: quem passa aos quartos da “champions”?

Fotos: UEFA

Em mais um dia da Liga dos Campeões Europeus, o Atlético de Madrid, do moçambicano Reinildo Mandava, recebe o Manchester United, dos portugueses Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes, em partida da primeira mão dos oitavos-de-final. Benfica e Ajax também defrontam-se esta quarta-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa.

São os dois últimos jogos da primeira mão dos oitavos-de-final da liga milionária europeia, que se disputam na noite desta quarta-feira, em Madrid e Lisboa, respectivamente. O Atlético recebe o Manchester United e o Benfica terá pela frente o Ajax da Holanda.

 

RONALDO PRONTO PARA DERRUBAR A FORTALEZA DO ATLÉTICO

Na capital espanhola teremos embate entre dois colossos do futebol europeu, com destaque para Reinildo mandava no Atlético Madrid, jogador que esteve em todos jogos desde que chegou ao Wanda Metropolitano. Mandava entrou a substituir diante do Barcelona, no seu primeiro jogo na Espanha e depois teve três jogos consecutivos a titular e totalista, o que faz prever que terá mais esta oportunidade de se mostrar, uma vez inscrito na Liga dos Campeões pelo Atlético de Madrid.

O internacional moçambicano terá assim a oportunidade de ajudar a sua equipa a passar a armada dos diabos vermelhos da Inglaterra, liderados por Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes, auxiliados por outros bons jogadores, casos de Pogba, Maguire, entre outros.

O registo do Atlético em Madrid nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões é notável, uma vez que em 14 jogos desde 1997, registou nove vitórias e nenhuma derrota. Mas se há alguém capaz de escalar a muralha do Estádio Metropolitano, esse alguém é certamente Cristiano Ronaldo, autor de 25 golos na carreira contra o Atlético, inclusive no prolongamento da final de 2014 e no desempate por penáltis da final de 2016.

A influência de Ronaldo na presente temporada do United foi, sem dúvida, igualada por David de Gea na outra extremidade do campo. O guarda-redes espanhol tem estado numa forma sensacional e vai com certeza querer usar todos os seus atributos quando defrontar a sua antiga equipa pela primeira vez.

Mas certamente será um jogo com um desfecho imprevisível, tendo em conta os atributos que os espanhóis têm para este embate e os objectivos que se pressupõem a cumprir.

 

HALLER TESTA DEFESA DO BENFICA

O Benfica-Ajax é um dos dois únicos embates (o outro é o Inter-Liverpool) que coloca em confronto dois antigos vencedores do troféu. O Ajax de Erik ten Hag somou seis vitórias em seis jogos na fase de grupos graças a um estilo de futebol fluido e baseado na posse de bola. Uma das vítimas do Ajax nessa fase foi o Sporting de Portugal, que perdeu os dois jogos com o campeão holandês.

Sébastien Haller esteve em grande destaque ao tornar-se no primeiro futebolista a marcar dez golos nos seus primeiros seis jogos na liga milionária, e apenas no segundo, depois de Cristiano Ronaldo, a fazer abanar as redes em todos os encontros do agrupamento. Será que vai conseguir manter a sequência perante uma defesa do Benfica que não sofreu golos em quatro das seis partidas?

O bicampeão europeu Benfica enfrenta o Ajax, quatro vezes vencedor do troféu, por um lugar nos quartos-de-final. As duas equipas defrontaram-se pela última vez na fase de grupos de 2018/19, tendo havido empate 1-1 em Lisboa após o Ajax ter ganho o jogo em Amesterdão, por 1-0. O conjunto neerlandês também eliminou as Águias nos quartos-de-final a caminho da final da Taça dos Campeões de 1969 e nas meias-finais rumo ao triunfo na edição de 1972.

 

MAIS UM NOME NO BOLETIM CLÍNICO ANTES DO AJAX

André Almeida não está entre os jogadores que subiram, na manhã desta terça-feira, ao relvado do Seixal para fazer o último treino antes da partida frente ao Ajax para a Liga dos Campeões, marcado para esta quarta-feira, no estádio da Luz, pelas 22h00 de Maputo. O defesa, com uma lombalgia, junta-se a Seferovic, Lucas Veríssimo e Rodrigo Pinho no boletim clínico.

Apesar de terem jogado pela equipa B na segunda-feira, Svilar e Morato marcaram presença no treino. No campo disciplinar, Gilberto, Grimaldo, Otamendi, Weigl, João Mário e Rafa estão em risco para o segundo jogo, falhando-o em caso de verem cartão amarelo.

 

REGRA DOS GOLOS FORA ABOLIDA

A regra dos golos fora de casa foi abolida a partir da campanha de 2021/22. Isto significa que as eliminatórias nas quais as duas equipas marcam o mesmo número de golos nas duas mãos passam então por dois períodos de 15 minutos de prolongamento. Se as equipas marcarem o mesmo número de golos, ou mesmo nenhum, durante o prolongamento, será necessário recorrer a um desempate por penáltis.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos