O País – A verdade como notícia

Nyusi insta jovens informáticos a expandirem seu saber em prol do idoso

Celebra-se hoje, 1 de Outubro, o Dia Internacional da Pessoa Idosa que é comemorado anualmente com o objectivo de sensibilizar a sociedade sobre o envelhecimento e consciencializá-la sobre a necessidade de proteger e cuidar das idosas e dos idosos.

De acordo com o Presidente da República, Filipe Nyusi, em Moçambique, o idoso tem os mesmos direitos que todos os outros e a sua idade não deve constituir motivo de discriminação, vitimização ou entrave ao gozo dos seus direitos. O idoso tem direito à vida, à segurança, à alimentação, à saúde, à educação, ao lazer, à cidadania, à crença, à dignidade, à justiça, à convivência com outros membros da família e comunidade e ao direito de ser bem tratado por todos.

O lema escolhido para as comemorações, “Por um mundo digital inclusivo às pessoas idosas”, Nyusi chama atenção para o fosso digital entre as gerações e para necessidade de todos contribuírem para a capacitação e formação dos concidadãos da terceira idade para permitir que dominem e utilizem os meios digitais para exercerem plenamente os seus direitos.

“Não é difícil imaginar as dificuldades enfrentadas por aqueles que não usam ou não têm o domínio do telefone celular para fazer transacções bancárias, receber as suas pensões ou subsídios sociais ou fazer a pré-marcação no tratamento de documentos pessoais ou para obter os resultados do teste de qualquer diagnóstico sanitário, como por exemplo, da COVID-19”, lê-se no comunicado de imprensa da Presidência da República.

Em conformidade com Nyusi, respeitar a pessoa idosa é reconhecer que os jovens de hoje serão os idosos de amanhã, porque envelhecer é inevitável. Além do amor que proporcionam às pessoas idosas são, segundo Nyusi, o ponto de equilíbrio, união e pilares das famílias, porque ajudam a moldar a nossa identidade, comportamentos e aspirações, através dos valores e conhecimentos que nos transmitem.

“Por isso, nesta ocasião da celebração do Dia Internacional da pessoa Idosa, em nome de todos os moçambicanos e em meu nome pessoal, endereço calorosas saudações para todas as idosas e todos os idosos, nossas joias e riqueza, por tudo que fizeram e continuam a fazer em prol do bem-estar das famílias e da sociedade moçambicana”, refere o documento.

Por ocasião da data, o Presidente da República endereçou uma palavra de apreço às famílias, comunidades, organizações de caridade e da sociedade civil, bem como às instituições governamentais que trabalham na protecção e cuidados das pessoas idosas, pela esperança e alegria que proporcionam ao idoso, muitas vezes, no meio de inúmeros desafios.

Nyusi terminou exortando a sociedade moçambicana e, em particular, aos jovens da geração da informática, para darem o seu contributo para que os idosos possam usufruir dos benefícios das tecnologias de informação e comunicação.

“Como Governo, continuaremos a fazer a nossa parte, adoptando legislação, produzindo regulamentos e implementando acções concretas para proteger e apoiar o Idoso”, concluiu Nyusi.

O programa em curso de Apoio Social Directo pós-Emergência no âmbito da COVID-19 e a inclusão das pessoas idosas no primeiro grupo-alvo no Plano Nacional de Vacinação Contra a Covid-19 são exemplos mais recentes da nossa permanente atenção aos direitos da pessoa idosa.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos