O País – A verdade como notícia

50 mulheres beneficiam-se da operação da fístula

A fístula obstétrica é uma lesão que resulta de um trabalho de parto complicado e sem assistência médica adequada. Com a fístula, a mulher passa descontroladamente a libertar urina ou excrementos, por isso, muitas delas são isoladas pela comunidade.

Em Manica, arrancou, hoje, a campanha de operação de fístulas obstétricas, que decorre até sexta-feira. A iniciativa prevê abranger cerca de 50 mulheres, maior parte das quais discriminadas pela sociedade, devido ao mal que as atormenta. Na maioria dos casos, a Fístula é contraída em partos fora das maternidades.

 “Tive a fístula num parto caseiro e o bebé faleceu. Daí meu esposo me deixou por eu estar a urinar constantemente e sem controlo”, desabafou Farminha Farnela, paciente.

Além da campanha de operação massiva de fístulas obstétricas, o Hospital Provincial de Chimoio tem vindo a levar a cabo tais cirurgias com regularidade, tendo sido atendidas de Janeiro a esta parte mais de 20 pacientes.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos