O País – A verdade como notícia

50% de alunas já foram vítimas de assédio nas escolas

Mais da metade de alunas inquiridas numa pesquisa afirma que foi vítima de assédio sexual na escola, conclui um estudo realizado nas escolas primárias e secundárias do país.

O estudo apresentado em Maputo cobriu uma amostra de 1.200 alunas das províncias de Gaza, Manica e Nampula, das quais mais de metade confirma ter sido assediada por um professor.

A pesquisa foi feita pelo Centro de Aprendizagem e Capacitação da Sociedade Civil, em parceria com o Governo, por se considerar como uma das causas de desistência escolar das raparigas.

“Os casos são preocupantes. No nosso trabalho de pesquisa com as alunas, mais da metade afirmaram que já foram assediadas. A nossa recomendação é que todas as forças vivas da sociedade se reúnam e reflitam juntas em prol do bem-estar da rapariga”, revelou o representante da instituição que implementou a pesquisa.

A Escola Secundária Josina Machel, onde decorreu a apresentação do estudo, reconhece a existência de assédio às alunas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos