O País – A verdade como notícia

40 famílias temem que suas casas sejam demolidas pelo CMB

Cerca de 40 famílias residentes na zona de expansão do bairro Ndunda, na cidade da Beira, temem que as suas casas sejam demolidas pelo Conselho Municipal da Beira (CMB), depois de terem sido notificadas para no prazo de 24 horas, abandonarem as suas casas, sob alegacão de que as mesmas foram  construídas na área reservada para a construção de uma escola.

Entretanto, Albano Cariz, vereador de construção e urbanização, no CMB, diz que os munícipes em causa estão equivocados, porque as notificações em causa não fazem referências a demolições.

Albano Cariz explicou ainda que o município estudará caso-a-caso, consoante a documentação que for apresentada pelos visados, apesar dos munícipes em causa reconhecerem que as construções são ilegais.

A área em causa é a mais vulnerável a inundações na cidade da Beira e o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) já alertou para que munícipes sejam retirados daquela área, onde vive cerca de cinco mil pessoas.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos